Se seu navegador não suportar JavaScript. Algumas funcionalidades não serão exibidas, estamos trabalhando para disponibilizar mais breve possível as funcionalidades sem javascript.
Início
 
  Natureza Cultura Sol e Praia Eventos Negócios  
 
Informações úteis | Informações úteis

Aqui estão algumas dicas para que você aproveite melhor o que o Pará tem a oferecer!

Antes de viajar:

Não se esqueça de identificar as malas com etiquetas contendo seu nome, endereço e telefone de sua casa, além do telefone de onde pretende se hospedar. Cole as etiquetas por fora e por dentro das malas e amarre nelas uma fita colorida para facilitar sua identificação nas esteiras de bagagem, pois sempre haverá inúmeras malas iguais a sua.

Separe os cheques de viagem, e guarde-os em local diferente do documento de compra. Faça duas cópias deste documento, de seu passaporte (página de abertura e visto), das passagens aéreas e dos vouchers de hotéis e aluguel de carro. Leve uma com você e deixe a outra em casa, ou no cofre do hotel. No caso de perder os originais, poderá informar os números corretos quando comunicar o extravio.

Além de confirmar a reserva do vôo de volta 72 horas antes do embarque, na última noite acomode a bagagem, tire a compra dos pacotes para ganhar espaço na mala e deixe somente a roupa do dia seguinte no cabide.

Tranque a mala com cadeado e guarde a chave em local seguro.

Chegando ao Pará:

O Pará não entra no horário de verão.

O horário comercial é de 8h às 18h e alguns estabelecimentos fecham para o almoço. Os bancos abrem de 10h às 16h. Algumas agências funcionam até 18h. Os shoppings funcionam das 10h às 22h. Bares, restaurantes, boates e clubes noturnos têm horários variados.

Telefones - O Pará possui três códigos de área (91, 93 e 94), que variam conforme a região. O código de Belém é 91. Antes de ligar de um quarto de hotel, pergunte à telefonista se existem taxas adicionais para ligações locais ou a cobrar.

É possível fazer ligações com cartões telefônicos em telefones públicos distribuídos em toda a área metropolitana, especialmente nas esquinas, bares, restaurantes e hotéis. Os cartões são vendidos nas bancas de jornais, bares, padarias e postos telefônicos e de informações.

É possível enviar um fax no próprio hotel ou em postos de correio e telefônicos. Alguns hotéis também oferecem acesso à Internet. Verifique com antecedência em seu hotel.

Embora a cidade conte com tratamento de água, não se recomenda o consumo direto da torneira. Prefira sempre água mineral engarrafada ou em copos.

Segurança:

Mantenha sua bagagem sempre perto, principalmente as bolsas menores.

Não troque dinheiro com pessoas desconhecidas; procure casa de câmbio ou bancos autorizados.

Deixe sempre a chave do seu apartamento na portaria do hotel e mantenha bem guardado seu cartão de identificação de hóspede.

Não abra a porta do seu apartamento sem antes identificar o visitante.

Mantenha a porta sempre trancada.

Guarde seus valores no cofre do hotel.

Procure não deixar à mostra câmeras fotográficas e de vídeos em locais movimentados.

Não saia com jóias e grande quantidade de dinheiro.

Evite transitar com o passaporte, principalmente se for à praia. Em caso de perda ou extravio, informe imediatamente a polícia.

Não ande em ruas desertas, becos, locais com pouca visibilidade, principalmente à noite.

Quando estiver sentado em mesa ao ar livre, não deixe carteiras ou celulares soltos sobre a mesa, nem pendure bolsas ou sacolas nas cadeiras.

Dinheiro:


A maioria dos estabelecimentos comerciais aceita pagamento em cartão de crédito. Os mais aceitos são: MasterCard, Visa, American Express e Diners. Cheques de outras localidades, mesmo os especiais, raramente serão aceitos.

Evite cheques comuns, você terá dificuldade de aceitação.

Nem tente passar cheques de terceiros ou de empresas – a maioria dos estabelecimentos nem cogita a possibilidade de recebê-los.

Se não possui cheque especial, considere levar o que pretende gastar em papel moeda, mas guarde sempre em local seguro.

Se puder, divida o dinheiro em quantidades pequenas e coloque-as em diferentes lugares.

Vacinação:


Contra Febre Amarela:

A vacina é recomenda para todos os turistas, tanto do Brasil quanto do exterior que vão visitar o Pará e os estados do Acre, Amazonas, Amapá, Distrito Federal, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Roraima e Tocantins.

Também para os turistas que, nos últimos três meses, estiveram em trânsito ou procedem dos seguintes países: Angola, Benin, Bolívia, Burkina Faso, Camarões, Colômbia, Equador, Gabão, Gâmbia,Gana, Guiné Bissau, Guiana Francesa Libéria, Nigéria, Peru, República Democrática do Congo, Serra Leoa, Sudão, Venezuela e Zaire. Nesses casos, devem apresentar um certificado internacional contra Febre Amarela.

A vacina precisa ser tomada com antecedência mínima de 10 dias da partida da viagem.

Contra Poliomielite:

É necessário um Certificado Internacional de Vacinação Contra Pólio para crianças com idade entre três meses e seis anos.

Dúvidas e outras vacinas:

Consulte o consulado brasileiro mais próximo ou a Embaixada Brasileira em seu país.

 
 
  
DrupalTwitterFacebookBloggerInstagram
Governo do Pará